Post-war Blues

Ainda está ouvido de fresco mas já é uma das músicas do ano para mim. O novo LP (e um saco e um poster e um booklet e uma t-shirt e, claro, o CD) de Dan Mangan – vocês sabem do que é que eu estou a falar – chegou-me hoje com o epíteto de “disco mais caro que comprei” (porque veio do Canadá e porque a Alfândega trabalha bem) e ainda só o ouvi uma vez… mas hei-de escrever sobre ele brevemente.

A música a que me refiro especificamente é “Post-war Blues” e ainda não tenho muitas palavras para a qualificar. Sei que, quando as tiver, serão lisonjeiras para a música. Ou apenas justas, não sei. Para já, ouçam (e vejam) esta versão ao vivo, que vale muito, muito a pena.

Deserter’s Songs – ou como aos poucos hei-de lá chegar

Mercury Rev - Deserter's Songs

Mais trabalho, menos tempo para isto. You know the drill.

Mas hoje estou mais virado para as palavras e faço um pequeno esforço para vos dizer que não podia deixar de admitir aqui mais uma grande falha minha. Assim como assim, é para isso – pelo menos em parte – que este blog serve. A falha chama-se Mercury Rev e foi corrigida há umas duas semanas com a compra às cegas de Deserter’s Songs. Alguns de vós perguntarão “mas como é possível comprar um álbum tão aclamado como Deserter’s Songs às cegas!?”, outros perguntarão “mas quem são os Mercury Rev!?”. Só vos peço que não se cruzem uns com os outros na rua.

Continuar a ler “Deserter’s Songs – ou como aos poucos hei-de lá chegar”