Em defesa de Plans

Death Cab For Cutie - Plans

Cruzei-me com os Death Cab For Cutie pela primeira vez em 2005, poucos meses antes do lançamento de Plans. Estou certo de que ouvi Transatlanticism e me maravilhei com cada canção, cada verso, cada refrão. Estou certo, também, de que isso me fez ouvir Plans, editado no final de agosto desse ano, de uma forma diferente.

Continuar a ler “Em defesa de Plans”