Skip to content

“Heavenly Father”, o regresso de Bon Iver

Bon Iver

Pensei há dias, enquanto ouvia For Emma, Forever Ago, que me fazia falta música nova de Bon Iver. É provavelmente a minha banda favorita dos últimos 6 anos, pelo que não é propriamente um pensamento estranho.

Estranho é que dois ou três dias depois o desejo se cumpra. Já tinha ouvido falar de Wish I Was Here, o novo filme de Zach Braff, mas não sabia nada sobre a banda sonora. Pois que os Bon Iver figuram no alinhamento com “Heavenly Father”.

Não é a melhor canção de sempre mas é mais que suficiente para matar saudades. Está lá tudo: a melancolia transformada em melodia pop, a atenção dada aos pormenores e um ethos que parece existir apenas na música de Bon Iver. E este ponto só por si já fazia com que a música valesse a pena. Mas “Heavenly Father” é tão mais do que isso. Ouçam-na aqui.

Uma coisa é certa: à falta de um álbum novo, a canção vai andar a rodar por aqui durante bastante tempo. Mas sempre com um novo disco de Bon Iver no pensamento, claro. É que, parecendo que não, já lá vão três anos desde Bon Iver, Bon Iver e uma pessoa precisa de renovar a fé, nem que seja para saber que está no caminho certo.

Mas pronto, graças a “Heavenly Father”, a fé mantém-se firme.