Strangers To Ourselves e a normalização dos Modest Mouse

Modest Mouse

Os artistas mudam. A música que fazem também. Com álbuns espalhados pelos últimos 20 anos, é apenas normal que os Modest Mouse tenham mudado, tenham evoluído. No geral, para os fãs de há mais tempo, as grandes mudanças tendem a ser pouco apreciadas. Para os artistas, presumo que seja uma questão de manter a sanidade mental. Ou a insanidade, no caso de Isaac Brock e dos Modest Mouse.

Continuar a ler “Strangers To Ourselves e a normalização dos Modest Mouse”

É o que é: 6 canções sobre resignação

Enquanto fã de música deprimente, não há sentimento no mundo que goste mais de ver retratado numa canção do que a resignação.

Há algo de encantador na maneira como se manifesta, às vezes absolutamente transparente, outras quase disfarçada de otimismo. E é intrigante ver quem quer que seja a mostrar-se resignado porque a resignação é uma forma de adaptação ao contexto muito difícil de explicar. O que é que leva alguém a anular-se ao ponto em que não há outro caminho que não o da resignação?

Continuar a ler “É o que é: 6 canções sobre resignação”

6 músicas que poderiam ter sido transmitidas a partir de Marte em vez da do Will.i.am

Will.i.am

Will.i.am é o autor da primeira música de sempre a ser transmitida a partir de outro planeta para a Terra. O outro planeta é Marte, naturalmente. Aparentemente, o Curiosity foi cheio de tralha para o planeta vermelho e a NASA pediu ao músico norte-americano, que ficou conhecido pelo seu trabalho com os The Black Eyed Peas, para compor um tema original especial para esta ocasião.

Continuar a ler “6 músicas que poderiam ter sido transmitidas a partir de Marte em vez da do Will.i.am”