Já que falamos dos Pavement

Qualquer desculpa é boa para matar saudades de Crooked Rain, Crooked Rain, o melhor álbum dos Pavement. Com músicas como “Silence Kit”, “Stop Breathing”, “Gold Soundz”, “Cut Your Hair”, “Unfair” ou “Fillmore Jive”… não podia ser de outra forma. Sim, o Slanted and Enchanted (com a terminal “Here”) e o Wowee Zowee (“We Dance” foi a música que me puxou definitivamente para […]

Springsteen fora de época

O último álbum de Bruce Springsteen acabou por passar relativamente despercebido a muito boa gente. É uma pena. Com momentos como esta “Girls in their Summer clothes”, ligeiramente fora de época, não se percebe muito bem porquê. É música para ouvir na estrada, no Verão, de calções… mas para ouvir, definitivamente.

Power trio

São um trio… mas o power não está tão associado aos riffs e aos decibéis como à densidade da música em si. É isso: os Low são densos. Nesta versão de “Murderer” muito fiel à original gravada num programa de rádio americano, eles dão um ar da sua graça.

Elbow vencem Mercury Prize

Não é uma notícia que supreenda. OK, havia Radiohead, Burial e British Sea Power na lista dos nomeados… mas a escolha não me surpreende. Os Elbow fizeram um óptimo trabalho com The Seldom Seen Kid. Aliás, têm-no feito ao longo de toda a carreira. Curioso é que muito pouca gente pareça reparar nisso fora do Reino Unido.

Cenas de um casamento

Confesso que não fiquei propriamente impressionado com o último álbum dos Death Cab For Cutie quando o ouvi pela primeira vez. De resto, tinha acontecido o mesmo com Plans, o anterior. Mas ao contrário de Plans, que foi lá com o tempo, este Narrow Stairs ainda não me convenceu. Claro que ninguém estava à espera de mais um Transatlanticism… mas […]